Nine Perfect Strangers - Liane Moriarty

by - quarta-feira, dezembro 05, 2018


Oi gente!

Sei que ando muito sumida por aqui, mas a faculdade está tomando todo o meu tempo e tem sido muito complicado escrever aqui. Mas, eu li o último lançamento da Liane Moriarty e eu precisava vir contar para vocês minhas impressões! 

Sobre o Livro:

Autora: Liane Moriarty
Editora:  Flatiron Books
Número de páginas: 464
Ano: 2018
Skoob.
Compre Já!

O livro "Nine Perfect Strangers", numa tradução literal "nove perfeitos desconhecidos", foi lançado dia 18 de setembro nos Estados Unidos e já está com os direitos vendidos! Mas vou ter que começar esse resenha dizendo que eu não gostei do livro. Eu nem consigo acreditar... talvez eu tenha lido errado, mas esse livro não parece nada com os outros da Liane. 

Vamos falar do enredo primeiro, bom, nove pessoas vão para um resort, elas vão ficar 10 dias em um projeto para emagrecer, desintoxicar, relaxar... É um resort voltado para a saúde e reúne todo o tipo de pessoa. A personagem principal é Frances, uma escritora de romance com uma carreira longa e um pouco decadente... que acabou de sofrer uma grande decepção amorosa e espera sair da "Tranquillum House" completamente transformada.

Além dela, temos Ben e Jéssica, um casal lindo, jovem e rico, mas que acabou perdendo a mão do casamento e tenta impedir o divórcio com longas sessões de terapia para casais. Um advogado que enfrenta as pressões do namorado para adotar uma criança, uma família que convive com o luto, uma mulher com problemas com o próprio corpo e um senhor que se sente meio abandonado pela família. 

Conhecemos também Martha. A dona da Tranquillum House, que depois de uma experiência de quase morte, se dedica inteiramente ao resort e quer fazer as pessoas se tornarem melhores. Mas quando essas nove pessoas chegam no resort, esperando que em 10 dias sairiam completamente transformadas, não fazem a menor ideia à qual tipo de tratamento serão sujeitas e até onde Martha está disposta a ir para transformá-los. 

Bom, o livro tem 11 personagens principais. Isso seria confuso na mão de quase qualquer autor. Em um livro de 464 páginas é complicado desenvolver um enredo e ainda apresentar e aprofundar cada um desses personagens. E eu acho que a Liane não conseguiu desenvolver nenhum dos seus personagens direito, justamente por apresentar tantos. 

Infelizmente, Nine Perfect Strangers, é uma leitura arrastada com poucos momentos emocionantes. Eu estou acostumada com os começos lentos da autora, mas o "começo lento" desse livro durou umas 200 páginas e o ritmo preguiçoso perdurou pela história inteira. Pela primeira vez, eu acho, ela criou uma vilã caricata e pronta, uma personagem simplesmente louca. Mesmo com uma história de vida desenvolvida, Martha continua sendo má puramente por uma questão de narrativa. 

Aliás, a história de todos os personagens parece um pouco forçada. É claro que alguém que procure um resort como esse vai ter alguns problemas, mas tinha mesmo que tentar desenvolver todos ao mesmo tempo? Nine Perfect Strangers parece um exercício de escrita, onde você tranca todos os seus personagens juntos, cria histórias tristes para cada um e assiste como eles reagem as coisas. Mas não é um livro divertido ou impressionante. 

É previsível e decepcionante, quando você acha que o enredo está evoluindo, quando você pode sentir a história construindo um momento de tensão... eu pude quase sentir a tragédia que se seguiria, mas tudo se resolveu facilmente em 30 páginas. 

Tudo o que fazia a narrativa surpreendente, de certa forma, era falso e não levou ninguém a lugar nenhum. Meu deus Liane Moriarty! Talvez a autora quisesse dizer alguma coisa com essa história, talvez exista uma mensagem por trás de toda essa confusão meio desconexa, mas eu não encontrei. Boa sorte se quiser procurar. 

Também existe uma sutil auto crítica no meio do livro, o fato da personagem Frances ser uma escritora que sente que perdeu a carreira é interessante. Ela chega a questionar sua capacidade de escrever e também tem uma relação péssima com resenhas. (Desculpa Liane, mas é meu trabalho né). A história segue cheia de estereótipos que não são quebrados nem desafiados e no fim, todos os personagens alcançam um "final feliz" pouco satisfatório e até poco crível. 

Fiquei realmente triste quando terminei de ler e percebi que esse provavelmente foi o livro mais fraco da autora até agora. Fiquei decepcionada e é um sentimento ruim quando isso acontece com uma de suas autoras favoritas. Mas tudo bem, nem todo autor vai acertar todos os livros. 

Olhando no GoodReads, as opiniões sobre a história são muito polarizadas, é um tipo de livro que ou você ama, ou odeia. Então se você já gosta da escrita da autora, recomendo que você leia! Tem momentos interessantes e eu espero que você encontre a mensagem por trás de tudo. Agora, se você nunca leu nada da Liane, POR FAVOR, não comece com esse livro. Recomendo que você comece com "O Segredo do Meu Marido" ou "O Que Alice Esqueceu" e deixe a escrita da Liane te impressionar como me impressionou. 




LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

1 comentários

  1. Gente... Eu odeio quando autor engana leitor assim. E tudo isso de personagem? Terrível saber que terei que passar longe de um livro dela :(

    ResponderExcluir