Golfinhos e Tubarões: O Outro Mundo - Tais Cortez

quinta-feira, julho 14, 2016 , , 0 Comentários


Olá Corujinhas!!
Desde que conheci a Amanda de O Último Homem do Mundo eu me apaixonei pela escrita da Tais e estava muito curiosa para conhecer o livro Golfinhos e Tubarões. Só ouvi comentários incríveis sobre a história!

Sobre o Livro:golfinhos_e_tubaroes_1376792599b

  • Autor: Tais Cortez
  • Editora: Chiado Editora
  • Numero de Páginas: 419
  • Lançamento: 2013
  • Skoob.
Victoria foi adotada por um casal muito rico quando tinha apenas 5 anos. Mas mesmo com esse novo lar estável e confortável, ela nunca conseguiu se encaixar corretamente na própria vida. Até que quando completa 15 anos ela começa a notar algumas mudanças em si mesma. Mas nada como a adolescencia que conhecemos. De repente ela passa a ouvir muito melhor que os outros, passa a ser mais rápida e enxerga muito melhor do que uma pessoa comum, seus cabelos ruivos mudam de cor misteriosamente para preto e ela não tem a mínima ideia do que está acontecendo.
Até que um dia, durante uma discussão com os pais adotivos Victoria acaba perdendo a cabeça e encerra a briga com a casa destruída e seus pais suspensos nas paredes. Depois do que aconteceu ela recebe a visita de um casal muito esquisito que mesmo depois de muito argumentar, acaba levando a menina para uma escola muito diferente onde ela será capaz de aprimorar seus “poderes” e entender a que mundo pertence.
Golfinhos e Tubarões me pareceu uma mistura entre Harry Potter e X-Men. A escola, os treinamentos e a forte relação da Vic com a história desse novo mundo deixou isso bem claro para mim. O livro também apresenta muito romance, ela mal chega a escola nova e já se sente extremamente atraída por um garoto misterioso, que o que tem de mistério tem de perigoso. Não foi um livro que me surpreendeu muito, eu senti as coisas acontecendo muito facilmente com os personagens e o enredo seguindo muito rapidamente. As decisões da protagonistas muitas vezes eram previsíveis e não muito diferentes do que seria esperado dela.
Sendo o primeiro livro da autora acho que essas coisas são de certa forma normais, é comum um autor no início ter dificuldade para desenvolver suas ideias e trabalhá-las bem. Mas o que mais me deixou feliz com esse livro foi o crescimento visível de uma obra da Tais para a outra, talvez eu devesse ter lido esse livro antes, mas como minha primeira experiência com um livro dela foi O Ultimo Homem do Mundo acho que ela tem muito potencial para melhorar muito mais na escrita dela.

0 comentários: