Prodigy - Marie Lu

sexta-feira, outubro 14, 2016 , , , , 0 Comentários


Bom dia, corujinhas! Algum tempo atrás eu trouxe para vocês a resenha de Legend, da Marie Lu (clique aqui para lê-la) e hoje, trago sua continuação, Prodigy!


Sinopse: "Considerada pelo público e pela crítica internacional uma das melhores sagas de distopia já publicadas, a trilogia Legend, da chinesa radicada nos EUA Marie Lu, conquistou leitores de diversas partes do mundo ao acompanhar o romance improvável entre dois jovens de origens distintas numa realidade opressora. Depois de descobrir, no primeiro livro da série, as medidas extremas que o governo da República é capaz de adotar para proteger alguns segredos, no segundo volume da saga, Prodigy, June e Day assumem a tarefa de assassinar o novo líder político da nação. Mas será que este é o melhor caminho de levar a cabo uma revolução e dar voz ao povo da República?"

Depois de ler Legend em um dia, já pedi que minha amiga, que está me emprestando os livros, trouxesse a continuação no dia seguinte, e sabe o que aconteceu? Eu li Prodigy em um dia também. (Sim, Marie Lu está acabando com meus estudos, porque eu não consigo parar de ler.)

Eles estão partindo meu coração. Os altos e baixos do relacionamento de June e Day estão me deixando muito mal. Eles foram criados em mundos diferentes, e isso se faz muito mais perceptível no segundo livro do que no primeiro, gerando muitas brigas e conflitos para nosso casal.


Após escaparem do Batalla Hall, eles seguem para Las Vegas, em busca dos Patriotas, na esperança de que os rebeldes os ajudem. Day está quase morrendo devido aos ferimentos em sua perna, e eles estão desesperados.

Keade os encontra e os leva até Razor, o líder dos Patriotas. Ele concorda em ajudá-los, com uma condição: eles precisam se afiliar ao grupo e ajudar com uma "simples" missão. Que missão? Assassinar o novo Primeiro Eleitor.

A história progride com June lutando contra tudo que ela sempre teve que acreditar, e tentando descobrir quem está mentindo, Anden ou Razor; Day tentando entender o que está acontecendo entre June e o Primeiro Eleitor, pensando em como salvar seu irmão, e tentando descobrir porque Tess está agindo tão estranha; e a República, em geral, está mergulhada em caos e confusão, com a morte do Eleitor e a posse de seu filho, Anden.

Novamente, Marie Lu me prendeu completamente a história. Mergulhamos cada vez mais fundo em seu mundo distópico, e vemos mais dos dois países que estão na beira da ruína, bem como da guerra, e conhecemos melhor os Patriotas, que só são mencionados no primeiro livro.

Muitas vezes, é difícil fazer com que o segundo livro de uma trilogia seja tão bom quanto o primeiro, mas a autora realmente conseguiu.

Status da Leitura: Excelente!

Ficha do Livro:
- Páginas: 303
- Autora: Marie Lu
- Editora: Rocco
- Lançamento: 2014

*Novamente, os dados são da última edição lançada, não da que eu li.

Espero que tenham gostado de saber mais sobre essa fantástica trilogia, e em breve trarei a resenha de sua conclusão para vocês, corujinhas!

0 comentários: