Lido e Relido - Jogos vorazes - A esperança

quarta-feira, março 29, 2017 , , , , 0 Comentários



Olá corujinhas, hoje eu vou trazer um dos meus livros favoritos de toda a minha vida! 

Jogos vorazes como todos devem conhecer é uma trilogia que fez muito sucesso depois da sua primeira adaptação para o cinema. Entretanto eu venho acompanhando a trilogia desde que Suzanne Colins lançou o primeiro livro em 14 de setembro de 2008. Na época eu tinha onze anos, e a leitura desse livro me fez sentir algo que eu nunca tinha sentido antes, foi a descoberta de um novo mundo, novas aventuras e me fez afundar de corpo em alma nessa trilogia que eu amo de paixão.

A história se passa em um futuro distópico onde houve uma rebelião que acabou despertando uma guerra que trouxe muita destruição e muitos mortos. O país Panem foi transformado em uma Capital e mais outros 13 distritos sendo cada um deles responsável pelo desenvolvimento do país, o distrito 13 fora extinto como aviso para os demais distritos para eles nunca mais se rebelarem contra sua capital, sendo assim restando apenas 12 distritos. 
A capital como forma de lembrete, elaborou aquilo que vem se chamar de "Jogos Vorazes" onde duas crianças de cada sexo, de cada distrito com idade entre 7 a 18 anos são levadas para uma arena, onde são obrigados a lutar até a morte para que apenas um deles saia vencedores. 
O livro nos apresenta Katniss Everdeen do ultimo distrito sobrevivente, onde ao decorrer de toda a história chegou a participar duas vezes dos jogos vorazes, a primeira como voluntária para salvar sua irmã e a segunda foi obrigada pelo Snow, o presidente de Panem. Na primeira arena, ela e Peeta Mellark conseguem convencer o publico e os organizadores de que ambos mereciam vencer pois se amavam profundamente e não suportariam assistir a morte um do outro. Já na segunda arena que se passa no segundo livro denominado "Em Chamas" eles estão totalmente desestabilizados pelos acontecimentos do primeiro livro, e são obrigados a retornarem para um segundo Jogos. 
É então que descobrimos que eles estão de fato apaixonados, e que tudo ainda pode sofrer uma grande reviravolta.


Nesse momento passamos para o terceiro livro da trilogia, e o meu favorito. Descobrimos que o então extinto distrito 13 não está destruído, e sim eles vivem no subsolo de onde costumavam viver, e passaram todos esses anos planejando uma rebelião e esperando uma oportunidade. Quando Katnnis e Peeta retornam para a arena, eles aproveitam a oportunidade para resgata-la e mais alguns outros participantes. No entanto nem tudo sai como planejado, Peeta e outros acabam sendo capturado pela Capital, e Katinip fica devastada. Quando ela se recupera e volta para o distrito 12, ela vê seu lar destruído, e então ela decide aceitar a proposta da presidente do distrito 13 e integrar o rosto da rebelião e assim resgatar o seu amado.


Durante o decorrer da história, a rebelião se torna algo que foge do controle da Capital, todos os distritos começam a desenvolver certa resistência ao governo em questão, e para isso não se tornar alarmante, o Presidente Snow acaba criando uma guerra entre toda Panem,e cabe a nossa protagonista tomar as rédias da situação. 
Em um certo ponto da história, o distrito 13 conseguem resgatar Peeta das garras do governo, porém ele está transtornado, fora de si, e tenta matar sua própria amada. De fato ele traz uma sequencia de momentos dolorosos emocionantes deste ponto do livro até o final, meu coração ficava na mão toda vez que eu lia o nome dele. 


Preciso confessar a vocês que durante dois livros e meio eu odiei com todas as minhas forças o Presidente Snow, ele sempre foi um homem muito esperto, inteligente,ardiloso, convincente, mas eu tinha repulsa a ele, até que alguém se revela ser muito pior do que ele jamais fora. 
Lembram o que eu disse sobre reviravoltas? 
Então, eis aqui a maior reviravolta na história que você não esperava que acontecesse. 
Em certo ponto da história,Coin a Presidente do distrito 13 decide mandar uma equipe para tomar a capital e enfim acabar com toda a guerra. Nessa equipe está o núcleo principal Katnniss, Peeta e Gale, juntos com mais outros personagens que conquistaram seu espaço como o belo Finnick Odair.


Eles então, depois de muito esforço, situações horríveis, mortes, perdas de amigos queridos, conseguem dominar a capital e prender o Presidente Snow. Porém em certo ponto a irmã de Katnness como vinha sendo apresentado desde o primeiro livro, tinha muita aptidão para a medicina, e a Presidente Coin decide manda-la para a capital, nomeio da guerra, para cuidar dos feridos. Então ela se certifica que a nossa Katnip vai esta por perto e MANDA UMA BOMBA EXPLODIR O LUGAR ONDE A PRIM ESTAVA E SIMPLESMENTE MATA A MENINA NA FRENTE DA IRMÃ!
Contudo, Katness segue com as ordens e vai até o presidente Snow para poder mata-lo, é então que em uma conversa final com ele revela-se que  Presidente Coin que tinha jurado acabar com os jogos depois de sua posse, não iria faze-lo e que todos os fatos ocorridos até então foram manipulados diretamente ou indiretamente por ela, ou seja, o verdadeiro vilão da história jamais foio Snow. Certo que ele tem sim sua grande parcela de culpa, e como o livro não tem problemas com morte, ele tem a sua muito bem vinda, de forma calma e prazerosa para o leitor que o odiou tão ardosamente durante toda a trilogia. Claro que a Coin também teve a sua recompensa, e morreu pelas mãos da nossa amada protagonista, mais expecificamente pela flecha do seu inseparável arco. 


O final é a minha parte favorita, acho que se eu pudesse eu mudaria inúmeras coisas durante toda a trilogia, mas nesse final eu não mexeria em nem uma vírgula sequer.
Uma das subtramas era qual rapaz Katnnis iria escolher, e no fim ela escolhe o Peeta com a frase mais linda existente: "Eu tenho fogo suficiente sozinha. O que eu preciso é o dente-de-leão na primavera. O amarelo brilhante que significa o renascimento, em vez de destruição. A promessa de que a vida pode continuar, não importa quão ruim foram as nossas perdas. Isso pode ser bom novamente. E só Peeta pode me dar isso."

- Katniss ( A esperança - Suzanne Collins )

Então eles ficam juntos,e voltam para o distrito 12, para seu lar. Gale vira militar em outro distrito, alguns personagens morrem durante a história o que nos deixa de coração partido, porém temos que seguir em frente. Eles seguem a vida, cheios de marcas, pesadelos e alucinações causadas por todo o trauma que eles passaram, porém eles continuam. E eu agradeço todos os dias por Suzanne Collins ter feito aquele Prólogo maravilhoso, minha parte favorita sem dúvida alguma.


Epílogo 

Eles brincam no Meadow. A menina dançante com o cabelo escuro e olhos azuis. O menino com cabelos loiros e olhos cinzentos, esforçando-se para acompanhá-la em suas pernas gordinhas de criança. Demorou cinco, dez, quinze anos para eu aceitar. Mas Peeta os queria tanto. Quando senti pela primeira vez a agitação dela dentro de mim, eu fui consumida com um terror que parecia tão antigo quanto a própria vida. Só a alegria de mantê-la em meus braços pôde domá-lo. Carregá-lo foi um pouco mais fácil, mas não muito. As perguntas estão apenas começando. As arenas foram completamente destruídas, os memoriais construídos, não há mais Hunger Games. Mas eles ensinam sobre isso na escola, a menina sabe que nós desempenhamos um papel neles. O menino vai saber daqui a alguns anos. Como posso contar a eles sobre aquele mundo, sem assustá-los até a morte? 
Meus filhos, que tomam as palavras da canção por garantia: 
Escondido no Meadow, sob o salgueiro 
Uma cama de capim, um travesseiro macio verde
Deite sua cabeça, e feche seus olhos sonolentos 
E quando novamente eles abrirem, o sol vai nascer. 
Aqui é seguro, aqui é quente Aqui as margaridas te guardam de todo mal 
Aqui seus sonhos são doces e o amanhã os fará verdadeiros 
Aqui é o lugar onde eu te amo
Meus filhos, que não sabem que brincam em um cemitério. Peeta diz que vai ficar tudo bem. Nós temos um ao outro. E o livro. Nós podemos fazê-los compreender de uma maneira que irá torná-los mais corajosos. Mas um dia eu vou ter que explicar sobre os meus pesadelos. Por que eles vieram. Por que eles não vão nunca realmente embora. Eu vou dizer-lhes como eu sobrevivi a isso. Eu vou dizer-lhes que nas manhãs ruins, parece impossível sentir prazer em qualquer coisa, porque eu tenho medo que isso possa ser tirado de mim. É quando eu faço uma lista na minha cabeça de cada ato de bondade que eu vi alguém fazer. É como um jogo. Repetitivo. Até um pouco entediante depois de mais de vinte anos. Mas há jogos muito piores para jogar.

Jogos vorazes teve seu filme lançado em 2012, quatro anos depois da publicação do livro, Em chamas estreiou em 2013. A esperança foi dividido em duas partes, a primeira parte estreiou em 2014 e a segunda em 2015. Para quem não conhece, segue os trailers dos filmes, e a leitura é minha super indicação. 
AQUI
Jogos Vorazes ( The Hunger Games)

Em Chamas (Catching Fire)

A esperança parte 1 (Mockingjay)



A esperança - O final (Mockingjay)



0 comentários: