A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

by - domingo, julho 03, 2016


Bom dia, corujinhas!
A resenha de hoje vai ser sobre um livro que muita gente está comentando atualmente, é o qual eu estava doida para ler: o lançamento de ficção científica, A Rainha Vermelha.


Admito para vocês que, quando eu vi a capa e o título, eu tinha certeza que devia ser um livro de vampiros. Mas, *pasmem*, não era! Ela fala sobre uma sociedade dividida pelo sangue: os nobres de sangue prateado e a plebe de sangue vermelho. Ter sangue prateado significa ter poderes fantásticos e mágicos, e é a razão pela qual os nobres retém o poder. Mas tudo muda quando uma menina de sangue vermelho acaba descobrindo que tem poderes no meio de um “show de talentos” das jovens nobres.
“O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.”
O mundo de Mare é virado de cabeça para baixo. Ela se vê no meio da corte, tendo que fingir ser outra pessoa para poder sobreviver. Ela é prometida a um príncipe, ao mesmo tempo que se vê apaixonada por outro, está à mercê de uma rainha cruel e sua família está sendo ameaçada caso ela estrague as elaboradas mentiras no meio das quais ela é forçada a viver.
Ninguém é quem parece ser nessa delicada e arrebatadora trama de Victoria Aveyard. Esse é o primeiro livro da autora, que se tornou uma febre global quase que instantaneamente. É impossível não se apegar aos personagens, o que te leva a ter seu coração partido por eles no final, mas não por quem você imaginava. Ele é quase que uma mistura de A Seleção, com Vampire Academy, com Game of Thrones, e após começá-lo, você não o larga até acabar.
A sua sequência, A Espada de Vidro, sai dia 09/02/16. *Alerta de Spoiler na sinopse para quem ainda não leu o primeiro livro* A sinopse a seguir foi livremente traduzida por mim, e é de uso exclusivo para o Corujas de Biblioteca.
A eletrificante continuação de A Rainha Vermelha mostra a luta da crescente força rebelde Vermelha e Prateada contra a divisão de classes que eles sempre viveram – e coloca Mare frente à escuridão que ameaça tomar conta dela.
O sangue de Mare Barrow é Vermelho – a cor das pessoas comuns – mas sua habilidade Prateada, o poder de controlar raios, fez dela uma arma que a realeza tentou controlar. A cora a chama de impossível, de farsa, mas quando ela escapa de Maven, o príncipe – o amigo – que a traiu, ela descobre que não é a única.
Perseguida por Maven, que agora é um rei vingativo, Mare sai em busca de Vermelhos e Prateados que estejam dispostos a se juntar à luta contra seus opressores. Mas ela se encontra em um caminho muito perigoso, com o risco de se tornar o mesmo tipo de monstro que ela está tentando derrotar. Será que ela irá quebrar com o peso das vidas perdidas na rebelião? Ou será que as mentiras e a traição a arruinaram para sempre?
Ficha Técnica:
  • Autora: Victoria Aveyard
  • Páginas: 424
  • Editora: Seguinte
  • Lançamento: 2015
Status da Leitura: Aguardando ansiosamente a continuação! *-*
Vocês já leram ou tem vontade de ler A Rainha Vermelha? Deixe seu comentário!
Beijinhos,
IMG_1372

LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários