Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley

by - segunda-feira, julho 18, 2016


Admirável Mundo Novo é considerado uma das distopias clássicas, junto com 1984 e Fahrenheit 451 mas além de uma das primeiras obras distópicas da história, o livro é uma previsão assustadoramente real do que nossa sociedade é e do que ela pode vir a se tornar.

Sobre o Livro:admiravel_mundo_novo_1454110272996sk1454110272b

  • Autor: Aldous Huxley
  • Editora: Biblioteca Azul (edição da capa ao lado)
  • Numero de Páginas: 312
  • Lançamento: 2014
  • Skoob.
  • Onde Comprar: Livraria Cultura
Em algum momento, depois de uma grande guerra, a sociedade decidiu que a felicidade deve ser a prioridade, e para ter felicidade é preciso estabilidade. Certo, a partir desse ponto o que causa instabilidade foi descartado, nesse futuro não existem religiões, nem sentimentos e o conceito de família é algo ultrapassado e de certa forma vergonhoso. Não existem “pais” nem “mães”, todas as pessoas são geradas em provetas, logo que o óvulo é fecundado eles são condicionados a pertencer a uma das classes.
Por exemplo, a classe mais baixa é a dos Ípsilons, desde a gestação eles recebem menos oxigênio que os outros, para garantir que serão menos inteligentes. Já ouviram falar em pessoas que aprendem as coisas dormindo? A partir de repetições durante o sono? Pois bem, todos nessa sociedade são condicionados a partir de mensagens gravadas que se repetem milhares de vezes até a idade adulta. Essas mensagens ensinam conceitos básicos da sociedade para as pessoas; a limpeza é primordial, não há porque concertar se você pode comprar um novo, tenho muito orgulho da minha classe, não gostaria de ser outra coisas, agora todos são felizes…
IMG_20160703_203707.jpgÉ bem assustador imaginar isso, livros foram completamente banidos, as pessoas só trabalham, e quando não estão trabalhando, estão sobre o efeito do soma (uma droga muito recomendada pelo governo) que faz com que a pessoa esqueça todas as outras coisas e se foque em no mundo imaginário que criar. Outra coisa que é curiosa sobre a visão do autor do futuro é que nessa sociedade o sexo é algo natural e incentivado. As mulheres são instruídas a terem quantos homens quiserem e nunca ficar muito tempo vendo a mesma pessoa.
Com esse cenário montado podemos falar do nosso conflito, algumas pessoas, por algum motivo desconhecido, não conseguem se adaptar completamente com a sociedade, é o exemplo de Bernard, ele gosta da solidão (coisa que a sociedade abomina) e por se sentir à margem de todos ele decide, junto com uma garota, ir a reserva dos selvagens, a procura de algo que ele não sabia bem o que era.
Só queria fazer parte da sociedade. Na reserva dos selvagens o casal entra em contato com pessoas velhas (ninguém envelhece no mundo civilizado, a ciência avançou o suficiente para fazer todos pararem de envelhecer com 20 e poucos anos), sujeira, pobreza… Mas dentre todos os selvagens Bernard conhece John, filho de Linda, uma mulher civilizada que acabou vivendo entre os selvagens.IMG_20160716_111812
Eu achei a história simples, no fundo, o importante é a relação de John com a sociedade e como ele lida com seus ideais de honra e família nesse mundo civilizado. Ele se apaixona e passa a enxergar milhares de defeitos nesse mundo civilizado. Assustador e profético, Admirável Mundo Novo é um livro completamente diferente de qualquer distopia que temos hoje em dia, é um livro denso e que faz o leitor refletir. Muito do que vemos no livro pode ser colocado na nossa realidade com metáforas e até literalmente.
Os habitantes de Admirável Mundo Novo fogem da realidade com drogas e vivem sob uma felicidade coletiva mas muitas vezes falsa. Recomendo a todas as pessoas, quem gosta de distopia ou não, é um livro incrível que deveria ser leitura obrigatória.

LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

1 comentários

  1. Não conhecia esta distopia e me parece ser realmente muito boa!
    Vou procurar este livro para colocar na minha lista de desejos, rs.
    Beijinhos Cá.

    www.carinapontes.com

    ResponderExcluir