Primeiras Impressões: Nunca Olhe Para Dentro - Amanda Ághata Costa

by - quarta-feira, outubro 18, 2017



Precisamos conversar sobre NOPD. Eu estou a um bom tempo esperando a Amanda soltar esse livro porque faz meses que eu estou morrendo de vontade para conhecer Nicolas e Betina. FINALMENTE consegui ler as primeiras impressões e vim trazer o que eu achei para vocês.
Betina, tadinha, não tem uma vida nada fácil. Quando ela tinha apenas oito anos, sofreu um acidente de carro com seus pais e a pequena foi a única a sobreviver dessa tragédia. Infelizmente ela só tinha um parente vivo e sua guarda foi entrega a sua tia Cecília. Uma megera declarada. Foi então que Betina, antes um prodígio nas artes, pintora e alegre, se tornou triste. 

Agora, com vinte e poucos anos, Betina faz faculdade de psicologia e vive tentar se defender da tia e do namorado dela. A garota tem poucos amigos, vive o mais longe possível de suas boas memórias e da arte. Ela se dedica à concluir a investigação sobre seu acidente e terminar a faculdade para finalmente conseguir fugir da sombra de sua tia.


Sinopse: Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora, longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção.

Betina é bem curiosa. É difícil entender ela porque tudo nela está marcado pela dor e pela tristeza. Já Nicolas, que eu só cheguei a conhecer de relance, é leve e alegre, um oposto bem vindo para finalmente colorir de verdade a vida de Betina.

O livro tem muitas páginas, 610, e uma diagramação incrível e super delicada. Eu estou amando a escrita leve de Amanda e com as poucas páginas que li já da para perceber que o livro só tem a melhorar!!







LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários