Até Que A Culpa Nos Separe - Liane Moriarty

by - domingo, março 04, 2018


Bom dia gente!

Até Que A Culpa Nos Separe é o novo livro da autora Liane Moriarty, como grande fã do trabalho dela, estava desesperada para ler e também cheia de expectativas. Mais uma vez terminei a leitura com a respiração irregular e tentando assimilar tudo o que tinha lido. 


Sobre o Livro:

Autora:
 Liane Moriarty
Número de Páginas: 464
Lançamento: 2017
Editora: Intrínseca
Skoob.
Adquira o livro!

Como sempre Liane nos apresenta pessoas comuns. Com problemas comuns, amizades, manias e também alguns desentendimentos. Erika e Clementine são amigas desde à infância. As dificuldades "familiares" na vida de Erika fizeram com que ela se tornasse muito próxima da família da amiga. Mas agora as duas já são adultas, casadas e tem uma relação complicada.

A história começa com um churrasco, em uma linda casa. Onde três casais presenciaram um acontecimento terrível. Com a mesma atmosfera de mistério dos outros livros, a autora consegue inovar mesmo com essa "fórmula" característica da sua escrita. Liane Moriarty nos mostra novamente o íntimo dessas pessoas, nos apresente facetas e interpretações de cada um dos personagens. 



O que aconteceu no churrasco foi horrível, mas é impressionante acompanhar os fragmentos de lembranças, as dicas e sensações de cada um dos personagens. Sem perder a originalidade a autora consegue nos mostrar a complicada relação de Erika e Clementine, as inseguranças das duas, o reflexo que o churrasco teve no casamento das duas e também, os pensamentos e sentimentos terríveis que são desenterrados com o ocorrido.

Todo mundo pensa coisas ruins de vez em quando, nós somos assim. Mas é assustador acompanhar esses pensamentos e ver o que eles causam na vida dos personagens. O casamento de Erika com Oliver é muito organizado, os dois são apaixonados por controlar suas vidas, eles têm uma casa simples, trabalham com números, na verdade não se acham muito interessantes. A parte mais interessante da vida de Erika é sua amizade com Clementine, a violoncelista.

Clementine tem duas lindas filhas, um marido divertido que se encarrega da casa sempre que a esposa precisa se dedicar aos ensaios. Eles vivem cercados de amigos, têm uma boa relação com suas famílias e a amizade com Erika e Oliver é quase como uma obrigação.

Eu não sei se consigo expressar o quanto essa história conseguiu mexer comigo. Liane consegue, novamente, mostrar o lado feio da vida adulta, de certa forma até o lado feio da maternidade. O que acontece naquele churrasco traumatiza uma adolescente, praticamente destrói um casamento e talvez tenha danificado para sempre uma grande amizade.
Talvez eu seja um pouco suspeita para falar, mas, mesmo não sendo tão bom quanto Pequenas Grandes Mentiras, esse novo livro da Liane explora temas muito fortes e me fez prender a respiração durante a leitura. O talento da autora é indiscutível e eu com toda certeza recomento esse livro para todo mundo. Cheio de drama, mistério, culpa e um pouco de maldade, Até que a culpa nos separe é mais um livro sensacional da autora, impossível de largar e de esquecer.


LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários