Daniel Handler

by - segunda-feira, abril 18, 2016


Vai me dizer que não reconheceu esse autor? Sério?
Ok, você está perdoado se não conseguiu linkar esse nome a nenhum livro ou saga, mas Daniel Handler é um autor bem famoso mesmo no Brasil, ele escreveu 13 livros…
Já sabe? Não? Ok, mais uma dica, foram 13 livros sobre três irmãos órfãos…

Isso! Daniel Handler é Lemony Snicket, escritor das Desventuras em Série e de outros títulos relacionados. Calma que eu vou explicar.
Daniel Handler nasceu no dia 28 de fevereiro do ano de 1970, em São Francisco. Ele é cineasta e escritor, escreveu alguns livros relacionados a politica e durante pesquisas com organizações de extrema direita usou o pseudônimo “Lemony Snicket”. Depois que seus amigos souberam, esse nome virou um tipo de piada interna entre eles, que muitas vezes pediam pizzas sob o pseudônimo.
O que eu acho mais incrível sobre tudo isso, é que Snicket não é só o escritor das desventuras sofridas pelo irmãos Baudelaire, ele é como um personagem. Tem sua própria história e relata grandes fugas que deixam o leitor cada vez mais curioso sobre sua identidade. Bom, vou contar a biografia de Lemony também, já que nada seria mais justo, levando em conta que os dois são a mesma pessoa.(Não se preocupem, sem spoilers)
Lemony Snicket foi tirado de casa quando pequeno pela organização CSC (Corporação pelo Salvamento das Chamas), onde depois de muitos anos se tornou voluntário e conheceu o amor de sua vida, Beatrice Baudelaire. Segundo o que ele conta nos livros da série e em sua biografia não-autorizada, Conde Olaf é responsável pela morte de sua amada e por incriminá-lo de diversos crimes que ele não cometeu. Graças ao Conde, ele vive como fugitivo e busca vingança. Todos os treze livros da série são dedicados a Beatrice e sua busca por vingança dura a série toda.
Além de “Desventuras em Série”, Handler escreveu outro livro que se tornou bem conhecido “Por Isso a Gente Acabou” é um romance escrito ao contrário, Min conta a história de seu namoro com Ed, mostrando todos os motivos que fizeram com que eles terminassem. Os livros sobre os irmãos Baudelaire e a história de amor de Min provam que Handler, ou Snicket, tem o dom que muitos escritores não possuem: causar emoções opostas em livros opostos. Handler não falha ao contar uma história de amor, muito menos deixa a desejar ao relatar os desastres na vida dos Baudelaire.
Fica fácil perceber que sou muito fã do autor e espero que ele continue me surpreendendo.
Espero que tenham gostado.
20140410-030906-PM.jpg

LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários