Entrevista - Thaísa Lixa

domingo, julho 03, 2016 , , 0 Comentários


Boom Dia gente!!
O post de hoje é a entrevista com mais nova parceira do blog!! Ficamos muito felizes com essa parceria, a Thaísa é uma pessoa incrível e super divertida, vem conhecer mais um pouco sobre ela e sobre seu livro de Dark Fantasy.

  • Primeiro, nos fale um pouco de você.
Obrigada pela oportunidade, Corujas de Biblioteca! Fico muito feliz de estar aqui respondendo essa entrevista!
Meu nome é Thaísa, nasci na cidade de Niterói, no estado do Rio de Janeiro. Tenho 23 anos e atualmente estou cursando Estudos de Mídia, na UFF. Trabalho com cartomancia, 12552524_1525800807718395_833817606188041037_nastrologia e quero poder levar a escrita como trabalho também, já que amo escrever e criar histórias.
  • Quando que seu interesse pela literatura surgiu? Teve algum livro que foi como um gatilho?
Não sei responder essa pergunta, a literatura está presente na minha vida desde as minhas primeiras lembranças. Minha avó Stella me contava muitas histórias antes de dormir, ela é uma “contadora de histórias” vai em creches e escolas para contar histórias para outras crianças e também publicou um livro infantil. Acabei crescendo ouvindo diversos contos de várias culturas diferentes. Meu avô Glauco, sempre que eu dormia em sua casa, me contava uma história que ele inventava na hora, misturando elementos de fantasia e meus coleguinhas da creche.
Não teve como não amar a literatura❤
  • Consegue escolher um gênero literário favorito?
Sem dúvida alguma, fantasia e especificamente Dark Fantasy, que é o gênero do meu livro. E claro, sempre tem que ter romance!
  • Sei que é uma pergunta bem clichê, mas você teve alguma inspiração para a
    criação de seus personagens? Eles são inspirados em pessoas reais? Tem algum personagem que se assemelha muito a você?
Pior que não, meus personagens principais são todos criados a partir do zero, não tem nenhum que eu tenha me inspirado em alguém específico (pelo menos não conscientemente rs)
  • Você consegue escolher sua personagem favorita no seu livro? Porque ela é a que mais gosta?
A Lilith. Eu gosto dela porque apesar de ser bastante perturbada, deprimida e cheia de problemas por conta da sua aparência, ela nunca desi12974446_1055426614527862_6466432373642006597_nstiu de lutar na vida. Muitas pessoas poderiam ter escolhido se trancar dentro de casa, na situação dela, mas a Lilith não. Ela vai à escola e lutou para estar na que ela queria, dando aulas de monitoria e mantendo as notas altas. Ela pode parecer medrosa, frágil e vulnerável, mas acaba engolindo o medo e faz o que tem que fazer. Ela é forte – da maneira dela.
  • Tem algum personagem, de qualquer livro, com quem você se identifica muito?
Sabe que eu acho que não?  Difícil me identificar com alguém, me acho estranha demais hahahha
  • Sei que é uma pergunta muito difícil, mas preciso faze-la, qual seu livro, ou livros, favoritos?
A série Alma & Sangue, da Nazarethe Fonseca. Li os livros dela e até hoje não consegui me apaixonar por nenhum livro da mesma maneira.
  • Enquanto você escrevia, você mostrou seus progressos para alguém? Pediu opinião e concelhos? Ou só mostrou aos olhos do público depois que considerou pronto?
Eu postava no Nyah e tinha um bom público de leitores. Eles que me incentivaram a publicar, na verdade. Eu tinha bastante medo hehehe Mas eles falaram tanto isso pra mim que acabei resolvendo arriscar. E aqui estou eu agora rs
  • Em relação a escrita do livro, você é perfeccionista? Como soube que estava pronto, que não tinha mais nenhum detalhe a ajeitar?
Eu sou, mas não sou do tipo que reescreve milhões de vezes a mesma cena. Eu demoro pra escrever porque gosto que tudo esteja bom de primeira, gosto da “inspiração inicial”, que é a que é vem realmente de dentro. Tenho medo de ficar reescrevendo muito e transformar o texto em algo mais racional que artístico. O máximo que gosto de fazer depois é dar aquelas ajeitadas, mudar palavras e corrigir qualquer errinho que possa ter passado despercebido.
  • Escrever sempre foi algo importante para você? Ou só surgiu depois que estava com a ideia do livro na cabeça?
Sempre foi. Quando eu era pequena “escrevia” livros infantis, fazia-os com papel, desenhava e grampeava. Aquela coisa bem amadora mesmo, mas eu já adorava! Quando cresci um pouco mais, comecei a escrever fanfics aos 9 anos e foi só amor. Amei escrever e não parei desde então.
  • Na escrita do livro a ideia surgiu pronta e você logo a escreveu ou foi um processo de criação longo onde com o tempo a história foi tomando forma?
Um processo longo, mas algo em torno de um ano, mais ou menos. Aos poucos as ideias iam surgindo primitivas e eu ia as lapidando, melhorando, aprimorando… Até me sentir segura o suficiente pra escrever e não cometer nenhum furo na história.
  • Tem algum livro que você leu e pensou “Nossa gostaria de ter escrito isso”?
Nossa, são tantos! Hahahahah Juro, acho que todo livro que eu gosto eu penso isso!
  • Bate e volta, essas são perguntinhas só de curiosidades, para conhecermos um pouquinho mais de você. Qual o livro que você leu que todo mundo gosta, mas você não suporta?
Acho que nenhum, não tenho implicância com nenhum livro.
  • Qual escritor que você nunca leria?
Não tem nenhum específico. Desde que a história me interesse, tô lendo!
  • Tem alguma personagem que você gostaria de não ter co13001213_1555434391421703_9119135902182464047_nnhecido?
Alguns de Joffrey Baratheon e Ramsay Bolton, de Game Of Thrones
  • Qual a personagem que você ama de paixão?
O Ahmon, de Devil Beside You, um dorama Taiwanês.
  • Que livro que te fez chorar muito?
A menina que roubava livros. Tristeza na certa.
  • Qual o melhor cenário para ler?
Qualquer cenário é o melhor pra ler!
  • Lugar favorito?
Minha cama. É nela que eu pego o notebook e começo a escrever!
  • Viagem dos sonhos?

Quero ir pra Disney algum dia, todo mundo já foi e eu ainda nem saí do país! 
Oposição é um dos livros que estou louca para começar, logo logo espero trazer a resenha dele para vocês!

0 comentários: