Extraordinário - R. J. Palacio

domingo, julho 03, 2016 , , , 0 Comentários


Extraordinário é um livro doce, delicado e cheio de significado. Mesmo depois de muito tempo terminada a leitura, é muito difícil não se lembrar com detalhes da história de Auggie, um menino com um rosto deformado mas uma personalidade surreal.

SinopseExtraordinário é o primeiro livro da R.J. Palacio que vem fazendo muito sucesso no Brasil e em outros países. O livro conta a história de August, que nasceu com uma deformidade facial genética, tendo que passar por várias cirurgias, o que acabou perturbando sua infância. Seus pais chegam a conclusão de que aos seus 10 anos já estava na hora dele ir à escola. O menino passa por várias dificuldades, se já é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Sua missão é provar para seus colegas que não importa nem um pouco sua aparência, ele é igual a todos.
Ficha do Livro
Escritora: R.J. Palacio
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Lançamento: 2012

Eu adorei esse livro, é uma leitura super dinâmica, sua narração é em 1 pessoa, com vários “pontos de vistas” diferentes de amigos e familiares.

Como o de sua irmã Via, que conta como é ser a filha em segundo lugar e como é ser irmã de um garoto tão julgado por sua aparência. O livro me lembrou um pouco ”As Vantagens De Ser Invisível”, pelo fato do personagem ser tão gentil, inocente e honesto. Não tem como não se apaixonar pelo August, sério, é quase impossível. Seus são super compreensivos com ele, os pais que todos sonham ter. Recomendo a todos que leiam e quem já leu, releia. Na escola, ele tem um professor que é apaixonante pois todo começo de mês ele passa um preceito para os alunos refletirem e depois escreverem o que significa. Uma coisa que não entendi, não gostei e que acho que os fascinados por leitura odiaram é o capitulo em a formatação é totalmente diferente e confusa, sem distinção entre letras maiúsculas, parágrafos e sem pontuação. Até mandei um email para a editora achando que pudesse ser um erro de edição, mas na verdade era a intenção da autora mesmo.

0 comentários: