O Visconde que Me Amava - Julia Quinn

quarta-feira, julho 13, 2016 , , , 0 Comentários


Olá Corujinhas!
Aqui está mais uma resenha do meu mais recém adquirido vício com romances de época. Ou melhor, com os Bridgertons. Quando terminei O Duque e Eu eu tinha uma leve certeza de que nada que ela escrevesse poderia ser melhor do que Simon e Daphne. Mas ainda bem que eu estava muito enganada e que a história de Kate e Anthony me conquistou perdidamente.

Sobre o Livro:114441120_1gg

  • Autor: Julia Quinn
  • Editora: Arqueiro
  • Numero de Páginas: 290
  • Lançamento: 2013
  • Skoob
  • Onde Comprar:Saraiva,Submarino
Anthony Bridgerton finalmente decide que deve se casar. Depois de anos como libertino, finalmente ele decide que é chegada a hora de casar-se e constituir sua própria família. Mas ele não quer simplesmente casar. Ele quer casar com a mais bela e desejada da temporada, Edwina Sheffield. Mas no caminho de seus planos está Kate Sheffield, a irmã mais velha de Edwina que é completamente contra essa união. Todos sabem que a mais nova só irá se casar se Kate aprovar e então Anthony se vê obrigado a agradar a mais velha Sheffield mas isso se mostra extremamente complicado.
“Agora, a ideia de morrer, de deixá-la, de saber que seus momentos juntos formariam um curto poema, em vez de um romance longo e apaixonado, era mais do que ele poderia suportar.” – pág 255
Apesar de ser considerava velha para participar de uma temporada, Kate ainda não tem um noivo e muito menos pretendentes. A beleza da irmã a faz ser invisível aos olhos de todos,Fotor_145849568449937pelo menos é nisso que ela acredita. E apesar de ter suas convicções e condições muito claras para si mesmo, o Visconde de Bridgerton não consegue conter o que imediatamente sente por Kate.
Ele quer se casar. Ter um herdeiro. Mas não quer amar, nem ser amado. Seus demônios e menos o impedem de querer algo assim. Enquanto isso, para tentar conter o sentimento que aflora entre os dois, os dias são preenchidos de discussões, brigas e confusões. Ele não vai desistir de casar com Edwina. E ela não vai desistir de impedir esse casamento, pelo bem de sua irmã.
“Ele não a merecia. Não naquele momento. Não ainda. Não até compreender como viveria o restante da sua vida. E, se isso significava que teria que negar a si mesmo a única coisa que poderia salvá-lo, que fosse.
–  Vá embora! – ordenou, e sua voz saiu mais ríspida do que ele pretendia. – Vá! Falo com você depois.
E, dessa vez, ela foi. Saiu sem olhar para trás. 
 Anthony, que acabara de descobrir o que era amar, aprendeu o que era morrer por dentro”.     – pág 266
Como já disse antes, Julia Quinn sabe o que faz. Kate é uma personagem forte, com muita personalidade e que encanta e surpreende a todo instante. Anthony é um personagem complexo, interessante e apaixonante. A autora conseguiu com êxito contar essa história incrível.
O romance dos dois cresce entre uma discussão e outra, nada de clichês, apenas um bom e velho romance romântico de verdade que faz você se apaixonar pelos personagens e pela história deles.

0 comentários: