Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven

domingo, julho 03, 2016 , , 0 Comentários


Ficha do Livro:Escritor: Jennifer Niven
Páginas: 336
Editora: Seguinte
Lançamento: 2015 
Eu estou a quinze minutos olhando pro editor de texto e ainda não sei com começar essa resenha. Lembro de ter visto esse livro na livraria e gostei da capa, parece tão divertida não é mesmo? Depois de ter lido uma resenha sobre ele eu decidi que precisava ler imediatamente, foi o que eu fiz. “Por Lugares Incríveis” é um livro que eu acho que nunca vou superar ou entender tudo que aconteceu, terminei de ler e ainda não consegui assimilar tudo que eu senti com ele. 
Finch e Violet se conhecem de forma muito inusitada. Finch está no topo da torre do sino, decidindo se seria uma boa ideia pular do parapeito, ele pondera os estragos e os efeitos que seguiriam de sua decisão. Mas antes que pudesse decidir o que fazer ele percebe que tem mais alguém junto a ele no parapeito.
“Conheço a vida bem o suficiente pra saber que não podemos acreditar que as coisas vão ser sempre iguais, não importa o quanto a gente queira. Não podemos que as pessoas morram. Não podemos impedi-las de ir embora. Não podemos impedir nós mesmos de ir embora. Me conheço o suficiente  pra saber que ninguém consegue me manter acordado ou me impedir de dormir. Tenho que fazer isso sozinho. Mas cara, como gosto dessa garota.” – página 109.
Violet não sabe bem como chegou ali, quando deu por si estava de pé no parapeito da torre do sino e entrou em pânico ao perceber o quão perto estava de cair. Foi quando ouviu um menino falando com ela, “Finch Aberração” estava ali e quando começaram a conversar Violet se acalmou e conseguiu sair do parapeito onde era seguro. Depois do episódio na torre do sino, eles precisam fazer um trabalho de geografia juntos, que implica em conhecer lugares que fazem o estado onde moram ser conhecido. Com o início do trabalho eles desenvolvem uma amizade muito bonita e sempre estão lá um para o outro. É claro que uma hora essa amizade de transforma facilmente em um amor e tudo é muito sincero e especial.
Ela é oxigênio, carbono, hidrogênio, nitrogênio, cálcio e fósforo. Os mesmos elementos que estão dentro de todos nós, mas não consigo parar de pensar que ela é mais que isso e que tem outros elementos dos quais ninguém nunca ouviu falar, que a tornaram diferente de todas as outras pessoas. Sinto um breve pânico enquanto penso: O que aconteceria se um desses elementos desse pane ou simplesmente parasse de funcionar?
O tema do suicídio e da morte paira durante o livro todo, mas isso não o torna um livro triste nem pesado. Terminei a leitura e fiquei muito tempo pensando nos dois, Finch e Violet, os dois com motivos muito diferentes que os fizeram subir na torre do sino, pensei em todos os depoimentos e diálogos que me fizeram entender como cada um deles pensava. Assim como em “Falling Into Place” e “Os 13 Porquês” eu interpretei o livro como uma chance para os leitores, os temas são pesados mas são tratados da forma que o envolvido enxerga, acho que além dessa linda história, o livro também é uma reflexão importante, se você precisa de ajuda, ou alguém que você conhece é muito importante que você procure ajuda ou conversar com esse alguém.
Quero que meu epitáfio diga: O garoto que Violet Markey ama. – página 156

0 comentários: