As Lembranças de Alice - Liane Moriarty

by - domingo, setembro 03, 2017


Depois de completar a leitura de Pequenas Grandes Mentiras e O Segredo do Meu Marido, eu me tornei uma fã declarada da escrita de Liane Moriarty. É impressionante como a autora nos envolve na vida dos personagens e muitas vezes somos capazes de sentir o que eles estão passando. 

Pensa comigo: Você acorda atordoada, não reconhece ninguém ao seu redor. Não sabe onde está, nem quando está. Pois bem, você descobre nos próximos minutos que tem quarenta anos e não se lembra de absolutamente nada que aconteceu nos últimos dez anos.
Sobre o Livro:

Autor: Liane Moriarty
  • Editora: Leya
  • Numero de Páginas: 376
  • Lançamento: 2013
  • Skoob.

Essa é Alice Love, recém casada com o amor da sua vida Nick, grávida de seu primeiro filho (ou filha). Ou melhor, essa era Alice Love. Hoje, dez anos depois, Alice tem três filhos, uma péssima relação com sua família e está passando por um divórcio nem um pouco amigável.

O começo do livro, como todos os da autora, é um pouco mais difícil de pegar. Liane não nos apresenta só Alice, conhecemos também toda a sua família e com eles temos outros pontos de vista sobre a tão misteriosa vida de Alice.


"Alice daria qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, para estar deitada na cama agora, com Nick, esperando por uma xícara de chá. Será que ele enjoou de fazer chá para ela? Seria isso? Ela não teria lhe dado o devido valor? Quem ela pensava ser? Alguma princesa, deitada na cama, esperando o chá ser servido, sem sequer escovar os dentes? Ela não era bonita o bastante para se dar bem com esse tipo de comportamento."
Um grande ponto positivo dos livros da autora são seus personagens. A forma que Liane consegue trabalhar com diversos núcleos de personagens sem perder a complexidade de cada um. Nesse livro, temos menos personagens, o que possibilita que cada um tenha uma parte mais importante no enredo e também uma história própria.


Quando Alice acorda, não lembra nem dos próprios filhos. Ela está completamente perdida sendo protagonista de uma vida que nem se lembra. Mas apesar de ter um potencial incrível para se tornar um drama, As Lembranças de Alice é um livro leve e até engraçado, as personagens são incríveis e muito reais.

Liane sempre trata de muito mais do que o romance em seus livros, nesse a trajetória de Elizabeth, irmã de Alice, se destaca. Ela quer ter um filho e por mais que tente, só consegue um aborto espontâneo após o outro, e é impressionante como Liane conta essa história.

"O amor do começo é excitante, empolgante. É leve e borbulhante. Qualquer um pode amar assim. Mas o amor depois de três filhos, depois de uma separação e quase divórcio, depois de magoar um ao outro e perdoar um ao outro, aborrecer um ao outro e surpreender um ao outro, de ter visto o melhor e o pior de cada um – bem, esse tipo de amor é inefável. Ele merece sua própria palavra"


Bom, voltando à Alice, ela aos poucos começa a se lembrar de algumas coisas, entre elas um nome. Gina. E percebe que quando se lembrar dessa pessoa, talvez consiga entender como se tornou essa mulher estranha que é detestada por seu marido, temida por outras mães e está completamente afastada de sua família.
Eu amei esse livro tanto! O enredo não é tão complicado, mas o crescimento das personagens é sensacional e trás mensagens incríveis. Alice, graças a seu acidente, tem a chance de olhar para sua vida sem nenhum ressentimento. Ela vê as coisas de uma nova perspectiva e consegue pensar novamente sobre todas as coisas que supostamente viveu nos últimos dez anos.

Se você perdesse sua memória, esquecesse os últimos dez anos da sua vida, como acha que se sentiria na sua vida de agora?

LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários