Entrevista: Ana Cristina Soares

by - quarta-feira, fevereiro 07, 2018


Bom dia gente!!

O post de hoje é uma entrevista com a autora Ana Cristina Soares, autora do livro "Respeite o Medo" que eu resenhei semana passada para vocês aqui no blog. O livro dela trata de temas muito sérios, trabalha a capacidade total de uma pessoa e bom... o medo. Vem conhecer um pouco mais sobre ela!

Como a literatura entrou na sua vida?
Eu sempre gostei de ler, desde de criança. Gosto de vários estilos, mas ao conhecer Nelson Rodrigues, lá pelos vinte e poucos anos, eu encontrei um estilo “preferido”: contos com finais surpreendentes, injustos e, baseado no comportamento humano.

Quais são suas maiores influências literárias?
Nelson Rodrigues e Agatha Christie foram as influências até os trinta anos. Mas, de cinco anos para cá tenho lido sistematicamente os clássicos. Estou apaixonada por eles.

“Respeite O Medo” é um livro com um gênero bem específico, a ideia do livro, nasceu como um todo?



Não, os contos foram surgindo na minha cabeça um a um. Só no final, depois de escolher o nome é que percebi que nome se aplicava à vários contos.

Apesar de algumas exceções, os contos do livro não apresentam muitos elementos fantásticos ou sobrenaturais, isso foi uma escolha consciente?
De certa forma, sim Prefiro escrever sobre as pessoas reais e que elas sejam “monstruosas” e “assustadoras”.

Durante a leitura eu tive a impressão de que os contos nos levavam à uma moral parecida, como se você quisesse mostrar a natureza humana, isso é verdade? Foi intencional?
Sim. Eu gosto de imaginar pessoas em situações limites, absurdas e ver como elas se comportariam. Será que o limite vai tirar o melhor ou o pior das pessoas?

Porque você escolheu o medo como um dos temas centrais para o livro?
A princípio não havia um fio condutor. Quando escolhi o nome do livro, que é um dos contos, eu percebi que em muitos contos havia o medo. Mas, se você pensar bem, o medo é um sentimento poderoso, paralisante e que pode nos fazer perder o senso do certo e errado. 

Como funciona seu processo criativo?
Poucos escritores sabem de onde as ideias surgem. Elas simplesmente “acontecem” na nossa cabeça. Mas, depois que a ideia central surge, eu vou deixando-a crescer. Às vezes, a ideia é grande e não me deixa pensar em outras coisas. As vezes, é mais suave e eu vou cozinhando aos poucos.

Você já está trabalhando em outro projeto¿ Conta pra gente!
Sim, Finalizei o meu primeiro romance “ O Mal que você me fez” e agora estou em fase de revisão e procura de editoras.

Sobre a Autora: 
Ana Cristina Soares é carioca, formada em engenharia mecânica. Contista e romancista, publicou seu primeiro livro, "Morrer é melhor do que nada" em 2013. Gosta de se basear em situações do dia a dia, tais como traições, puxadas de tapete e vinganças. Se fosse criar um mote para a maioria de seus contos, seria: "Todo mundo tem ódio no coração. Só basta despertar".

Por hoje é isso corujas! Espero que tenham gostado de conhecer a Ana.


LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários