Minha Versão de Você - Chistina Lauren

by - terça-feira, julho 31, 2018


"Tenho o pensamento melodramático de que isso é o que é sentir o coração partido. Não existe um estilhaçar; só existe uma fissura lenta e dolorosa que se espalha bem no meio."

Bom dia gente!

Toda história de primeiro amor é sempre muito emocionante, posso até dizer que são minhas favoritas. Aquela tensão, a paixão tomando conta dos personagens, é tudo tão verdadeiro, tão tocante. Agora, quando essa história de primeiro amor, também explora questões de sexualidade, religiosidade e de aceitação... aí temos Minha Versão de Você.


Sobre o Livro:

Autora: Christina Lauren
Editora: Hoo
Numero de Páginas: 352
Lançamento: 2017


Gente, por favor, porque não estamos falando sobre esse livro? Eu fiquei o tempo todo me perguntando isso, porque não li resenhas dele? Cadê o filme que ele merece?

Tanner é um garoto queer, ele é bi. E não teria nada demais nisso, se ele não morasse em Utah, em uma cidade predominantemente Mormon. Mas tudo bem, Tanner vive com sua sexualidade escondida há apenas quatro anos, e só precisa guardar esse segredo até ir para a faculdade no ano seguinte. 

Nesse último ano, Tan é desafiado por sua melhor amiga a participar de uma aula especial, o Seminário, é a disciplina mais famosa da escola, onde todos os alunos têm que escrever um livro durante o semestre. 

É claro que, escrever um livro inteiro em quatro meses parece fácil. E seria fácil, se Sebastian não tivesse aparecido no primeiro dia de aula, e se Tanner não se apaixonasse por ele.

Bom, eu não quero falar demais do enredo, porque essa leitura foi uma descoberta tão feliz para mim... Foi realmente especial conhecer Tanner e sua paixão arrebatadora por Sebastian, o filho do bispo.

"Mas, se uma árvore cai na floresta, talvez, ela não faça barulho. E, se um garoto tem uma paixão pelo filho do bispo, talvez isso não faça uma história."


Tanner é agnóstico e sua família é meio judia, mas Sebastian é realmente filho de um chefe religioso e vive dentro da doutrina Mormon. A religião tem um papel muito forte na história, assim como tem na vida de todo mundo. 

Em Minha Versão de Você, acompanhamos Tanner se apaixonar perdidamente, suas inseguranças, suas expectativas. Sentimos o medo de ser desprezado, de não ser notado, e também de ser notado e correspondido.



Eu não consigo mensurar o quanto eu amei essa história! Viver na cabeça de Tanner é sensacional, eu me vi rindo, sofrendo e também me identificando com ele. A relação de Tanner com a religião é bem complicada, sua mãe não teve uma boa experiência com os mórmons, e acabou passando essa impressão para os filhos. Principalmente para o filho bissexual, que não seria bem aceito na comunidade religiosa. 

Fazia algum tempo que eu não lia um livro tão bom. Com personagens inteligentes, conflitos morais e questões religiosas. Além de que, a escrita também tem um papel especial na narrativa. 

Eu só posso dizer que é um livro maravilhoso, ele trata de aceitação, de religião, de amizade, amor e também de família. Por favor, leia.

Se você gostou de "Simon Vs A Agenda Homo Sapiens" e de "Eu Te Darei o Sol", tenho certeza que vai se apaixonar perdidamente pela história, e vai terminar o livro querendo muito mais. 



LEIA TAMBÉM EM NOSSO BLOG:

0 comentários